Que Jesus vos ilumine.
Que a paz de Maria, mãe de Deus esteja presente.
Não deseje, em absoluto, a discórdia do irmão que lhe ofende hoje, pois não tarda a se arrepender o agressor que se compadece do seu erro.
A vida na Terra continua nos mesmos moldes de antigamente. Muitas coisas não mudaram.
O desejo de riquezas e sabedorias carnais continuam a imperar perante as verdades eternas.
Entre uma encarnação e outra, a verdade fica mais perto de vós. Quão não demora a estar na Terra, e os mesmos erros são reiterados.
Não se queixe da vida que levas. Muitos de vocês assim desejaram, a fim de se manifestarem capazes de saldar os débitos pendentes.
O coração de Maria abriga a todos vocês.
Louvado seja Deus.
Irmã Gertrudes