Preste a Atenção.
O silencio te afoga em um mar de lágrimas cuja receita não se encontra.
Os motivos das causas presentes aparentemente sem razão de ser se encontram nas causas passadas de um tempo distante.
Não se pode reduzir a existência a uma simples jornada terrestre quando o espírito é um aventureiro de muitas jornadas.
Siga em frente caminhando com passos de vencedor. O Senhor não desampara a ninguém, mas vocês a Ele se negam nos momentos de dúvida e angústia. Na hora da aflição, lembre-se de que ninguém nunca está sozinho.
A luz de um congá os ilumina e vos guiam nos rumos da evolução espiritual.
Motivos para chorar todos têm. Motivos para sorrir, também. Então faça a sua escolha e lembre-se de que tu és responsável pelas escolhas que faz.
Cacique Pena Verde