No momento em que vivemos, a internet se tornou uma realidade na vida de muita gente. A grande rede mundial que interliga as pessoas não está restrita apenas aos encarnados deste planeta.
Da mesma forma que no mundo físico há uma teia mundial interligando-nos, no plano astral existe uma rede que nos conecta a todo o universo.
O Grande Provedor nos permitiu viver através de leis universais, tal como a lei de afinidade. Com isso, aqueles que nos são afins se aproximam de nós.
Antes do advento da internet, havia uma barreira físico geográfica para nos aproximarmos daqueles que se identificam conosco. Hoje, esta barreira caiu por terra, uma vez que se pode participar de redes sociais, comunidades virtuais, salas de bate papo, entre outros.
Seria ingenuidade acreditar que estamos sozinhos no mundo. A rede universal de pensamentos, através da lei de afinidades, nos permite, por força do nossa mentalização, atrair seres do plano astral que vibram na mesma sintonia. Para ficar mais claro, cito o exemplo de uma pessoa espiritualista, que costuma ler artigos de elevado cunho moral na internet. Esta pessoa, ao conectar-se com sites que oferecem um conteúdo de alto valor moral e espiritual, estará vibrando ondas positivas para o universo. Com isso, é bem provável que atraia bons fluídos emitidos por nossos amigos do plano astral.
Entretanto, a mesma regra se aplica quando se conecta a sites de conteúdo impróprio.
A quantidade de fotografias e mensagens que circulam por e-mails é enorme. Uma infinidade de sites destina-se a produção de material pornográfico. Considerando, mais uma vez, a lei de afinidades, um espírito obsessor que possui mente viciada em energias sexuais de baixo nível astral será facilmente atraído por alguém que esteja vibrando na mesma sintonia. Esta pessoa, após receber um e-mail, ou acessar um site de conteúdo adulto irá se conectar às forças do baixo astral.
Uma vez identificada a presa, o obsessor passará a influenciá-la a ponto de consumir mais pornografia e até repassar o conteúdo para seus amigos.
As pessoas que sofrem desta modalidade de obsessão tem um desejo enorme de, cada vez mais, dedicar hora de seus dias a visita de sites pornográficos. Há aqueles em que, sentindo que a situação ultrapassa o controle, partem em busca de ajuda profissional.
Constata-se que a cada dia, mais e mais pessoas adentram aos consultórios, necessitando de terapias que possam lhes devolver o equilíbrio espiritual e possam voltar a colocar suas vidas em ordem. Muitos sacrificam horas de sono, perdem rendimento no trabalho, passam por problemas conjugais devido à obsessão desta natureza.
Contudo, para que uma pessoa se considere obsediada, não precisa chegar ao fundo do poço. Alguns sintomas básicos já são o suficiente para ficar alerta e, se for o caso, solicitar ajuda espiritual.
Caso você senta que, possivelmente, vem sendo obsediado, verifique seu padrão energético, antes e depois de acessar a internet. Ao sofrer uma obsessão, um impulso muito forte poderá instigá-lo a acessar sites de conteúdo adulto. Logo após, o cansaço, a indisposição e possíveis dores de cabeça, poderão ocorrer. Isto acontece pelo fato de a vítima dispor de energias para si e para o obsessor.
Continuando neste circulo vicioso, seu chakra sexual estará sempre enfraquecido, sobrecarregado e bloqueado. Isso poderá ocasionar problemas físicos e emocionais. Recomendo a leitura de um de meus artigos chamado “Chakra Sexual”.
Para livrar-se de qualquer obsessão, a dica é atrair a presença de nossos benfeitores do plano astral, que estarão sempre por perto para nos ajudar. As preces e orações são de grande valia no tratamento de qualquer obsessão. Poderão ser feitas mentalizações, a fim de mudar o padrão vibratório, trazendo uma atmosfera mais harmoniosa para junto de si.
Acredite; ninguém está só neste universo. Então vibre positivamente e a energia superior do Cosmos banhará seu ser de felicidade.

Ronaldo Figueira