Não é fácil transmitir amor a quem nos fala com ódio. Entretanto, os ensinamentos mais importantes estão nas lições mais severas.
A rotina do cotidiano acaba nos deixando cegos perante algumas situações e pessoas. Destarte, nos falta, às vezes, um pouco de calma e paciência para com nossos irmãos que, irritando-se facilmente, mostram suas garras e com palavras ásperas nos tentam tirar do sério.
Porém, quando nos colocamos no mesmo nível que a pessoa que interage conosco, ficamos receptivos às suas energias, isto é, se alguém lhe chama para a briga, ao retribuir o insulto moral, seja por palavras ou pensamentos, haverá uma troca de energias densas que poderá demorar a ser digeridas pelo seu organismo espiritual.
Para isso, um dia, um grande mestre nos ensinou a virar o rosto ao receber uma bofetada. A única maneira de anular a maldade de alguém que investe contra você é amar.
Ame.
Sim, sei que é difícil. Entretanto, se existe amor no seu coração e você tem a convicção de que aquela pessoa é uma criatura feita à imagem e semelhança do Criador, transmita amor.
Amai vossos inimigos.
Para transmitir amor, basta abrir seu coração, pensar em Deus e deixar sair tudo de bom que há em você. Uma prece ou uma mentalização pode ser o suficiente para que um raio de luz ilumine a cabeça daqueles que lhes fazem mal.
Dessa forma, desejando tudo de bom aos vossos perseguidores, a Força Maior irá interceder por você e as brigas, as dores, as perseguições acabarão.
Lembre-se de perdoá-los, pois à Deus, esta dádiva, vós também clamas.

Ronaldo Figueira