Que a paz de Deus ilumine a todos.
Que a luz do Mestre esteja a guiar os caminhos de toda a humanidade.
Os mensageiros da luz nunca descansam de suas atividades. Aprendem suas lições e passam aos seus irmãos terráqueos, na esperança de ver um mundo melhor. Um mundo com mais compreensão, mais entendimento e harmonia.
Cada um fazendo a sua parte, a humanidade continuará crescendo rumo à esferas evolutivas de maior longitude.
Ser humano neste mundo é saber que é capaz de errar. Que não é dono da verdade e que a verdade absoluta não é algo que encontrarás na terra.
O menor de todos na Terra será exaltado nos céus. Estas sábias palavras foram deixadas por um grande mestre de luz. Sejam humildes. Aprendam a cada manhã a agradecer pelo dia que começa e pela noite que passou. Pois nem à noite, o Pai não deixa de vigiar seus filhos.
Enquanto se dorme, a carne repousa no imaginário da mente. O espírito não repousa. Plana no ar como uma ave que parte em busca de seu alimento. Ao retornar, o espírito se sente alimentado, revigorado, pronto para uma nova batalha.
O que cada um passa nesta terra é algo previamente escolhido, preparado e almejado de acordo com os recursos que possui. Assim, não há o que dizer que neste mundo há vencedor ou vencido, melhor ou pior.
Seja como for, todos vós são sementes germinadas na terra do Mestre e Ele espera o momento certo para colher.
Por fim, alegrai-vos, pois a colheita está próxima. Vejam os frutos que de vós brotaram e perdoem os espinhos que lhes tocaram, pois vós também tendes seus espinhos a tocar seus iguais.
Anônimo